Antes de denunciar um malfeitor

verifique se você pode fazer algo imediatamente pelo animal em sofrimento.

 

ANTES DE DENUNCIAR UMA PESSOA QUE NÃO TRATA BEM SEU PRÓPRIO ANIMAL DE ESTIMAÇÃO, TENTE:

1 – conversar com a pessoa
2 – convencê-lo a tratar melhor
3 – se ele não o quiser mais, convença-o a buscar um adotante
4 – prontifique-se a levar o animal para tratamento

 

Ou seja, evite ameaçar a pessoa antes de tentar uma solução que favoreça o animal.

Se a pessoa alegar falta de condição para cuidar melhor do animal:
ofereça ajuda para promover os cuidados necessários (ida ao veterinário, medicamentos, alimento, vermífugo, castração, vacinas etc.)

Veja a relação de Veterinários que ajudam as pessoas que ajudam animais necessitados ou procure o Hospital Veterinário Público.

Se a pessoa não o quiser mais, busque um novo guardião para o cão ou gato.

Fale com amigos e conhecidos, anuncie em sites de adoção, redes sociais, jornais, faça cartazes e divulgue.

Portanto, TENTE todas as possibilidades de resgatar e FAZER ALGO pelo animal em sofrimento antes de denunciar na Delegacia de Polícia uma pessoa que não trata bem seu animal, porque fazer a denúncia não garante que o animal seja socorrido e cuidado.

 

NÃO EXISTE UM LOCAL (gratuito) PARA ONDE “LEVAR” CÃES OU GATOS MALTRATADOS E/OU ABANDONADOS.

Se o sofrimento do animal tocou seu coração, se ele está no seu caminho ou perto de você, é sua a oportunidade de agir pelo bem dele, tirá-lo da situação em que se encontra

e prover os cuidados de que ele necessita.

Acredite que sua vontade de ajudar o animal atrairá outras pessoas que gostam de ajudar.

 

CÃES E GATOS PRECISAM DE UM LAR SEGURO E UM GUARDIÃO RESPONSÁVEL E CARINHOSO.

Se você conseguir retirar o animal do local onde ele é maltratado ou está abandonado, leve-o a um veterinário, recolha-o em sua casa se puder ou procure um Lar Transitório (casa de um amigo ou vizinho).

Veja a relação de alguns locais de hospedagem de cães e gatos na página SERVIÇOS.

O animal precisa estar num local seguro, enquanto se recupera dos maus tratos ou abandono, para receber cuidados (vermifugo, vacinas, castração) até que possa ser encaminhado para adoção.

 

Veterinários

Há muitos veterinários que ajudam as pessoas que se propõem a ajudar cães e gatos sem lar até que ele consiga um novo adotante.

Veja a relação na página VETERINÁRIOS.

 

Hospital Público Veterinário

Foi inaugurado em julho de 2012 no Tatuapé (SP) para atender animais de estimação de pessoas com baixa renda.

http://www.robertotripoli.com.br

 

Maus tratos e abandono, em geral, acontecem por falta de informação sobre a “Guarda Responsável de Animais de Estimação”, por falta de punição aos criminosos e porque cães e gatos estão em superpopulação.

É dever de cada cidadão cobrar do Governo as Políticas Públicas adequadas para resolver o problema, como:

- Campanhas de Castração

- Campanhas Educativas sobre a “Guarda Responsável de Animais de Estimação”

- Fiscalização do comércio ilegal de cães e gatos (Lei 14.483/2007)

- Punição aos que maltratam e abandonam

Para denunciar ANIMAIS ABANDONADOS DENTRO DA CASA

veja as orientações do Dr. Daniel Braga Lourenço

http://www.gatoverde.com.br/leis/como-denunciar/

.

DELEGACIA ELETRÔNICA DE PROTEÇÃO ANIMAL (DEPA-SP)

http://www.ssp.sp.gov.br/depa/

.

Gato Verde, em defesa dos Direitos Animais