Uivos caninos

POR QUE OS CÃES UIVAM?

 

Pensar em uivos nos remete automaticamente a lobos em noite de lua cheia e nos traz à mente a imagem do ‘canis lupus’ apontando o focinho para cima, fazendo sombra diante da lua totalmente cheia…

Mas e quanto aos cães, o que dizer deste tipo de vocalização, que às vezes causa indagações nos seres humanos?

Sim, cães também uivam, mas a incidência deste comportamento é bem menor do que ocorre entre os lobos.
Mas, para entender o motivo de nossos amigos de quatro patas adotarem este som característico, é preciso entender um pouco dos motivos que levam lobos a uivar.

Numa alcateia de lobos, os uivos servem para que consigam se comunicar à distância.
O som de um uivo, por ser bastante prolongado, num timbre alto e agudo, permite que a “mensagem” seja levada por quilômetros de distância.
Assim, lobos de um mesmo grupo conseguem se comunicar, mesmo que estejam distantes dos integrantes do grupo: um emite o som e o que está longe, responde.
Na verdade, vários podem responder e forma-se uma enorme sinfonia de uivos.
O uivo, nestas situações, serve também para chamar de volta um ou alguns indivíduos que estejam distantes, caçando, por exemplo.
Assim, uivar consiste numa forma de comunicação em massa.

Os lobos são capazes de reconhecer se os uivos em resposta pertencem a um indivíduo de outro grupo.
Assim, podem saber se possíveis colegas não tão amistosos estão por perto e se preparar para eventuais ataques.

Assim como acontece com os lobos, no caso dos cães, os uivos também fazem parte de seu repertório de linguagem.
Algumas raças tendem a uivar mais, como Husky Siberiano, Samoieda e Malamute do Alaska.

Cães podem uivar ao perceber uma fêmea no cio na vizinhança e, assim, uivam numa tentativa de chamar para atender ao instinto de procriação.

Como se trata de uma forma de chamar a atenção, cães podem uivar quando se veem sozinhos, numa tentativa de trazer seu grupo de volta.
É interessante notar que, caso os uivos perdurem apenas por pouco tempo, trata-se de um comportamento normal.
Mas, se os uivos perduram por longos períodos de tempo, podem consistir em um dos sintomas da síndrome da ansiedade de separação, que acomete cães que simplesmente não toleram ficar sozinhos.

Assim, apesar de se tratar de um comportamento normal dos cães, é importante observar as situações, frequência e tempo que ele permanece uivando, pois esta forma de comunicação pode significar algum distúrbio comportamental que pode demandar cuidados.

Cassia Santos (blog Cão Amor – http://caoamor.blogspot.com.br/)


Fonte:

Mãe de Cachorro – Ana Corina | 26 de março de 2012

http://www.maedecachorro.com.br/2012/03/exclusivo-por-que-os-ces-uivam.html

*
Leia sobre ANSIEDADE DE SEPARAÇÃO

http://www.maedecachorro.com.br/2011/07/ansiedade-de-separacao-em-caes-tudo-que-voce-precisa-saber-a-respeito.html

 

Gato Verde em defesa dos Direitos Animais

-