CÃES AGRESSIVOS

Agressividade com pessoas e com outros cães.

Guilhermo Coelho, o adestrador amigo

Primeiro de tudo eu quero deixar bem claro que se seu cachorro tem um problemas sério de agressividade e já mordeu seriamente alguém, você deve levá-lo a um profissional treinado em comportamento canino. O profissional deve visitar você na sua casa e ser capaz de identificar os motivos da agressividade, ajudar a diminuí-la e te ensinar a lidar com ela.

Por outro lado, se a agressividade estiver no começo e você sentir que ainda consegue controlar seu cão, vamos acabar com esse comportamento de uma vez por todas.

AGRESSIVIDADE COM O DONO

 

Um dos motivos de cachorros serem agressivos é simplesmente para chamar a atenção.

Por algum motivo ele aprendeu que ele recebe atenção quando é agressivo.

Esse é o tipo de cachorro que rosna para tudo, seja porque alguém chegou perto dele ou da comida dele, porque alguém diferente está na casa, porque passou alguém na rua etc.,  mas na realidade não morde ninguém e em geral amansa se você for firme com ele.

Nesses casos use a tática de ignorá-lo.

 

Na estrutura da matilha, quando os lobos tornam-se adultos jovens, este é o momento em que eles sentem o impulso de desafiar a liderança do líder e tentar ocupar o papel de alfa.

Portanto mesmo um cachorro que nunca apresentou sinais de dominância pode se tornar mais problemático entre os 9 meses e um ano, quando o cachorro está na sua adolescência.

Pratique os exercícios acima e mostre e ele quem é o chefe.

 

Se você entra na sala e ele late e fica bravo, não lhe dê nenhuma atenção, não olhe para ele, não fale com ele, vire-se de costas para ele.

Ao sentar-se, sente-se de costas para o cachorro.

Lembre-se que eles entendem linguagem corporal melhor do que a falada e vão perceber que não estão recebendo atenção.

Espere uns 5 minutos de total indiferença a ele até ele se acalmar, deitar no chão e relaxar para só aí então dar atenção para ele.

Isto é importante, só quando ele realmente relaxou, talvez até fechou os olhos e deitou de lado você se dirige a ele.

Você quer reforçar o fato de que ele se acalmou e não o fato de ele estar bravo.

Ele tem que entender que só vai receber sua atenção quando mostrar respeito e assumir uma postura de subordinação.

AGRESSIVIDADE COM ESTRANHOS

 

Cachorros mostram agressividade com estranhos, muitas vezes por pensar que eles são o alfa e precisam defender a matilha.

Nunca reaja agressivamente pois ele vai sentir que aquela não é sua postura natural e vai achar que precisa assumir a liderança frente à ameaça.

 

A atitude que você deverá ter nesse momento é:

– puxe o cachorro para trás de você passando o dedo na coleira

– coloque o seu corpo entre o cão e a pessoa estranha

Você está dando a mensagem para ele que ele pode se acalmar pois você é o alfa e está tomando conta da situação e vai protegê-lo se for preciso.

Quando ele sentir a sua liderança ele pode relaxar e a agressividade vai embora.

 

Outra maneira de criar uma associação positiva com estranhos é pedir que eles tragam algum petisco para seu cão.

Se você tem algum amigo ou parente que vem à sua casa com frequência, peça a ele que entre, espere até o cão se acalmar completamente e daí dê um petisco ao cão.

O cachorro vai entender que nem todos os estranhos representam uma ameaça.

AGRESSIVIDADE  COM OUTROS CÃES

Se houver disputas entre dois cachorros da mesma casa, entenda que isso é normal na natureza.

Os cachorros disputam pela liderança da matilha e às vezes brigam por isso. E muitas vezes nós colocamos mais lenha na fogueira.

Veja este exemplo.

Você tem dois cachorros e você põe comida para eles na mesma hora.

Um deles se acha dominante e não permite que o outro coma na mesma hora.

A reação típica nossa é de dar uma bronca no cachorro que começou a confusão – como fazemos com nosso filhos, certo?

No mundo dos cachorros não funciona assim.

Eles tem que ter bem claro quem está acima de quem na hierarquia e quando nós interferimos estamos confundindo a cabecinha dos dois.

O dominante sente a liderança dele ameaçada e acaba sendo ainda mais agressivo para sustentar sua posição.

O subordinado vê o dominante levando uma bronca e duvida da liderança dele, então vai querer reagir.

No final, estamos apenas alimentando a agressividade entre os dois.

 

No caso de dois ou mais cachorros em casa, observe e tente entender a hierarquia estabelecida entre eles.

Dê comida primeiro ao líder, depois ao seguinte na hierarquia e assim por diante.

O líder deve ter o melhor lugar para dormir, andar na frente etc.

Não é preciso ter pena dos outros.

É assim que funciona na natureza e todos os cachorros vão ficar mais confortáveis com isso e a agressividade vai embora.

Guilhermo Coelho, o adestrador amigo

Fonte:  http://www.AdestramentoDeCaes.com


 

“A CIRURGIA DE CASTRAÇÃO PREVINE TUMORES, EVITA DOENÇAS E FACILITA O CONVÍVIO COM PESSOAS E COM OUTRO ANIMAIS.”

 

Publicado em http://www.gatoverde.com.br   – Comportamento Canino

GatoVerde, em defesa dos Direitos Animais

-